2

HISTÓRIA DE VINÍCIUS

Vinícius, hoje com 3 anos e 5 meses.
O Vi nasceu por meio de cesariana, por escolha minha (tenho problemas com hemorróidas), mas foi tranquilo, nenhum problema ao nascer, só uma leve icterícia, resolvida já na primeira semana de vida. Os únicos problemas, ele chorava muito, tinha muita fome, e meu leite não era suficiente. Aí começou um martírio até encontrar um leite que ele gostasse,  pois ele não gostava de Nam, Nestogeno, além do que esses leites faziam muito mal a ele, seu cocô era sempre esverdeado e mole. Até que o pediatra sugeriu que déssemos ao Vinícius leite pasteurizado tipo A, começando diluído em água, até dar puro. O Vi adorava o leite, e, como por milagre, seu intestino melhorou muito e ele parou de chorar.
Não sei se o Vi já tinha alergia nessa época, pois o leite não fazia mal ao intestino, mas ele sempre teve o nariz escorrendo, desde pequenininho. Mas ele era saudável, não tinha infecções, gripes ou viroses. Quando começou frequentar a escola (com 2 anos e 7 meses), pegou virose, laringite, faringite, otite, tomou antibiótico por 4 vezes com intervalo de 2 semanas, mas estava sempre com o nariz trancado e com tosse. O pediatra resolveu fazer exames variados, entre eles exame de sangue para alergia (leite e pó), que deram resultado positivo.
Depois disso, resolvi tirar o Vi da escola, para que eu pudesse controlar melhor a alimentação dele, só vou levá-lo na escola quando ele começar a falar (ele ainda não fala, só algumas palavras, muito pouco mesmo, já foi feito exame de audição e o resultado foi normal, agora vai começar fazer sessões de fono). Ele não gostava de ir a escola, chorava sempre, então vou esperar até que ele fale para que ele escolha a escola junto comigo.
Hoje, após 2 meses de dieta de exclusão do leite e derivados, o Vinícius está saudável, feliz e sapeca! Eu tive sorte que ele já não tomava muito leite (1 mamadeira de manhã e outra a noite), então tirei a mamadeira e ele se acostumou. Ele gostava muito de requeijão e de pizza, hoje come pão com geléia ou margarina sem leite, e pizza sem queijo e sem leite na massa. Confesso que no início me preocupei, afinal serão 2 anos de dieta, mas agora me habituei a consultar ingredientes dos alimentos. Hoje o Vi se alimenta bem melhor, tanto em quantidade como qualidade. Espero que ao final dos 2 anos, ele possa voltar à alimentação normal, acho que conforme a criança vai crescendo, fica mais difícil a dieta, pois tem a convivência com outras crianças.
Vivi, desejo sorte à você e à Malu (linda sua filha!), saúde e felicidades! E também um Feliz Natal e um novo ano com muitas alegrias!
Um abraço,
Luciana, mãe do Vinícius em tempo integral ;-)

História publicada com a autorização da mamãe Luciana , foi enviada por email ..  Obrigada Luciana por compartilhar sua linda História..

2 comentários:

Luciana disse...

Oi Vivi, obrigada por publicar a história do Vi, é sempre bom compartilhar nossos desafios e conquistas com outras pessoas que talvez estejam na mesma situação.
Estou fazendo um blog do Vinícius (fui inspirada pelo da Malu), espero sua visita: http://viniciussapequinha.blogspot.com/
Feliz 2011 para todos!

Malu contra a ALERGIA ALIMENTAR disse...

Que legal.... vou te visitar sim claro ...

bjos

Postar um comentário

Minha Florzinha Crescendo

Guia Infantil