0

HISTÓRIA DE CRISTHIAM

Meu príncipe nasceu com uma má formação congênita na mão direita, na perna e pé esquerdo. No mais ele tinha uma saúde perfeita!

Aos três meses de idade ele passou pela primeira cirurgia na Santa Casa

de POA. Logo que saiu do bloco cirúrgico começou a vomitar e não parou mais até hoje. Os médicos diziam se tratar de uma reação a anestesia. Nessa época ele era alimentado somente por LM. Meses se passaram, muitos exames e nada. O ped. dele prescreveu Label pra tratar um possível refluxo,mais seu desenvolvimento era totalmente normal: tamanho e peso.

Com  mais ou menos 1a8m ele começou com nestogeno e depois começou com

o ninho… Cada dia era uma coisa: dermatites horrorosas, viroses, vômitos, crises

respiratórias, dores, febre e diarréia com sangue muco. Ficou internado desidratado e com diarréia supostamente infecciosa bacteriana. Os exames culturais vieram todos negativos…5,10,15,20,30 dias de antibióticos e muito soro e nada.

Posteriormente, ele foi transferido pro HCSA aos cuidados da Dr.Cintia Steinhaus gastro. Imediatamente foi cortado o leite de soja que ele estava tomando desde quando foi internado e foi introduzido o santo NEOCATE.

Realizamos endoscopia e biopsias para investigar doença celíaca: resultado negativo. Positivo pra gastrite, refluxo e hiperplasia linfóide. Foram feitos também os rast’s: alérgico a ovo, soja, poeira caseira e alérgico a”leite”.

Agora é que a luta começa com a justiça: tive que entrar com processo por causa da idade do Cristhiam. Tive que deixar meu filho pedir 2,3,4 vezes mamadeira antes de dar com medo do leite acabar a eu não ter o que dar para ele. Apesar de ser grandinho depois dessa longa internação, nunca mais aceitou alimentos como antes.

Em 2010 passou por mais 2 internações para as cirurgias de correção, 2 por pneumonia (ele aspirou líquidos devido ao refluxo intenso que tem), e mais uma internação por constipação (devido ao uso de remédios para controlar o refluxo meu filho

apresentou uma constipação gravíssima). Em dezembro o Cristhiam apresentou 2 bacteremias. O resultado deu positivo: Klebsiella Pneumoniae: provavelmente uma bactéria oportunista que se “alojou” no intestino já debilitado do meu filho e ultrapassou as paredes do intestino e chegou na corrente sanguínea dele com força total…o que quase lhe causou sepse por duas vezes.

Por favor alguém tem algum filho dessa idade que ainda tenha refluxo?

O bom e que apesar de todas estas experiências que podiam ser traumatizantes, meu filho é uma criança linda, feliz e muito inteligente. E ainda diz que quando crescer vai ser médico, e quando vamos ao hospital (quase todas semanas) para consultas ele chega e sai sorrindo não tem medo nem trauma de médicos e de hospital ainda bem.

Escrevi este resumo de história do meu príncipe “Cristhiam” do apt 6822 do HCSA,onde meu filho esta internado, pois ontem dia 23/02 fez a última (se Deus quiser) cirurgia na perna. Ele passa bem,e em breve estaremos em casa..

Desejos a todas(os) super-mamães e super-papais que tenham força e nunca

deixem de lutar por uma melhor qualidade de vida dos nossos pequenos…

Abraço,

Jessica Farias ou simplesmente a mãe do Cristhiam.

História publicada com a autorização da mamãe Jessica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha Florzinha Crescendo

Guia Infantil